Arquivo da categoria: Literatura adorada

Da Stultifera Navis

CAPÍTULO 7 O delírio Que me conste, ainda ninguém relatou o seu próprio delírio; faço-o eu, e a ciência mo agradecerá. Se o leitor não é dado à contemplação destes fenômenos mentais, pode saltar o capítulo; vá direito à narração. … Continuar lendo

Publicado em Literatura adorada | Marcado com , | Deixe um comentário