Odara



Esu Odara – Felipe Caprini
Clicar sobre a imagem para ir à fonte


Odara significa paz e tranquilidade e é um termo de origem da cultura Hindu. Odara também possui uma importância no Candomblé, uma qualidade de Exú do tempo. No Candomblé, Odara é um Exú que significa algo infinito, que não tem começo nem fim, e nos cultos que praticamos existem outros diversos tipos de Exús, mas Odara é único.

Nos terreiros de Candomblé usam Odara como um líder de segurança e firmamento diante de várias ocasiões necessárias para afastar o mal que possa nos rodear. Ele sempre é assentado na entrada do portão e muitos o batizam com o nome de Onãn, aquele que abre portas para o sucesso e o desempenho do terreiro.

Odara é um Exú bom, Exú guia que mostra o caminho para as pessoas que vão na frente, um guardião que será sempre seu protetor. Odara também traz uma força da energia positiva inexplicável, ou seja não é um Exú vingativo, só apenas protetor.

Afasta todas as negatividades ruins que circulam pelos terreiros dos Candomblé, é o protetor das casas, deixando uma fase boa quando ele está transitando sobre lugares necessários para fazer seu trabalho de lhe proteger.

Odara tem somente um nome que pode ser chamado de Exú Onãn, ele está em todos os terreiros de Candomblé. Somente existe este nome da sua existência de ser um Odara, está destinado a sua proteção o bem falante e comunicador.

Através de um jogo de búzios ou mesmo sussurrando em seus ouvidos, quando algo de ruim vai acontecer, é o compadre das encruzilhadas e de outras moradas. Um Exú do tempo fica próximo ao portão vigiando a porteira de quem entra e de quem sai, não se mistura com os Exús dos terreiros, e não incorpora em pessoas, ele apenas protege e por isso foi chamado de Exú guardião.

Odara está sempre rodeado pela família, você se sente bem com sua presença quando não há mal nenhum ao seu redor, assume qualquer responsabilidade e resolve todos os problemas, se emociona com todas as situações. Mas se alguém magoar Odara ele é capaz de ficar dias em silêncio curtindo sua mágoa. Odara não é vingativo mas é possível passar anos sem falar com a pessoa que lhe ofendeu.

Ele não pode servir as pessoas para manipular a vida dos outros utilizando suas energias, isso não é bom e a pessoa pode acabar se prejudicando com Odara. A alma ou ambição representa o EU verdadeiro, a essência, aquilo que impulsiona o motivo pelo qual está neste Mundo com seus objetivos e anseios.

Se sente bem no lar com seus familiares, assim como em um relacionamento tranquilo e harmonioso, buscando sempre segurança. A aparência ou personalidade representa o modo de se relacionar com o mundo de Odara, o seu cartão de visita persistente, obstinado e possuidor, com uma força de vontade enorme.

Demonstra ser decidido e sério, o destino ou expressão que indica o caminho a seguir a sua missão na vida, seu número do destino é 6, sempre buscando a perfeição em tudo que lhe diz respeito. Tem um instinto de ser belo, da cor e da arte, é essencialmente prático, podendo arcar com qualquer responsabilidade no lar ou em esfera mais ampla, em uma organização ou comunidade e possui uma diplomacia e equilíbrio.

Fonte: blog Candomblé uma família de Axé

Sobre Ani

Outros que contem passo por passo | Eu morro ontem | Nasço amanhã | Ando onde há espaço: | – Meu tempo é quando. ~Vinicius de Moraes~
Esse post foi publicado em Nossa cultura e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s