all over, baby blue


os alquimistas já estão no corredor



Once: Negro Amor – Zé Ramalho




Twice: Negro Amor – Gal Costa




Three times: Negro Amor – Karina Buhr
(gravação favorita, com guitarra de Edgard Scandurra 🎸❤️)



até o tapete sem você voou



Versão de “It’s all over now, baby blue” (Bob Dylan),
por Caetano Veloso e Péricles Cavalcanti
Primeira gravação, ao que parece, por Gal Costa, em (1977)

Sobre Ani

Outros que contem passo por passo | Eu morro ontem | Nasço amanhã | Ando onde há espaço: | – Meu tempo é quando. ~Vinicius de Moraes~
Esse post foi publicado em Música, Memórias sonhos reflexões e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s