Pitacos sobre a final do III Festival da Record (1967)


Revejo a final do III Festival da MPB da TV Record em eterno assombro. “Que amontoado impressionante de gente boa e canção boa foi isso!?” Ainda assim, não existe canção (nem nunca vai existir) para bater “Roda viva”. Alguma até pode igualar, mas superar, nunca. E nessa final, nenhuma canção sequer igualava “Roda viva”. Muito menos em letra. Outra coisa: é incompreensível que as canções que ficaram em sexto e quinto lugar deixassem de fora a de Dori Caymmi: ela é MUITO melhor. E na interpretação da Elis isso se ressalta. Apesar de algo no cantar dela nunca ter sido muito do meu gosto, não tem como não reconhecer que Elis é um milagre: como essa criatura consegue tanta afinação e um canto tão límpido no meio da gritaria da plateia, quando certamente nenhum intérprete estava ouvindo nada do que cantava? No mais, não queria estar na pele do júri. Escolher qual classificar melhor entre “Ponteio”, “Domingo no Parque” e “Alegria, alegria” em 1967 não seria incumbência que eu quisesse para mim. Num olhar já bem distanciado no tempo, “Alegria, alegria” ficaria em segundo lugar. Gil e Edu foram brilhantes, mas Caetano foi de uma originalidade visionária (como em outras tantas ocasiões). “Alegria, alegria” é histórica e revolucionária como nenhuma outra dessa final. Mais que “Domingo no Parque”. E tenho dito.






No canal Musicatis do Youtube.

Texto:

Especial sobre o 3º Festival da Música Popular Brasileira, exibido pela TV Record em 1988 em comemoração aos 35 anos de inauguração da emissora paulistana. Solano Ribeiro, produtor e diretor do festival, comenta fatos e curiosidades da época e apresenta as 12 finalistas do evento que ocorreu em 21/10/1967. Estranhamente, não são exibidas as apresentações de Nana Caymmi (“Bom Dia”) e Geraldo Vandré (“Ventania”). As dez finalistas do vídeo, anunciadas por Blota Jr. e Sônia Ribeiro, são: Nara Leão e Sidney Miller (“A Estrada e o Violeiro”); Caetano Veloso (“Alegria, Alegria”); Gilberto Gil e Mutantes (“Domingo no Parque”); MPB-4 (“Gabriela”); Elis Regina e Dori Caymmi (“O Cantador”); Sérgio Ricardo (“Beto bom de bola”); Marilia Medalha e Edú Lobo (“Ponteio”); Roberto Carlos (“Maria, Carnaval e Cinzas”); Chico Buarque (“Roda Viva”) e Jair Rodrigues (“Samba de Maria”). São exibidas também imagens raras de bastidores, com Randal Juliano, Cidinha Campos e Reali Jr. entrevistando alguns dos finalistas.

[Acervo Enzo Trombetti (in memoriam). Agradecimentos a Rosangela Marega e Cesar A. Takeuchi Pintaúde].

Sobre Ani

Outros que contem passo por passo | Eu morro ontem | Nasço amanhã | Ando onde há espaço: | – Meu tempo é quando. ~Vinicius de Moraes~
Esse post foi publicado em Música, Nossa cultura, TV Mofo e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s