duas mãos e o sentimento do mundo





“Ainda somos um país terrivelmente desigual no que se refere à distribuição dos bens, tanto materiais quanto espirituais.

Por isso uma das tarefas em cada geração é trabalhar para repartir esses bens de maneira mais justa.

Apesar dos progressos verificados nos últimos decênios, que possibilitaram a incorporação de uma parcela ponderável de excluídos a níveis mais humanos de vida, ainda há muito que fazer.

Pode ser difícil, mas é possível.

Em versos famosos, Carlos Drummond de Andrade disse: ‘tenho apenas duas mãos e o sentimento do mundo’.

Duas mãos parece coisa pouca, mas pode ser muito, se forem animadas pelo sentimento do mundo, que podemos compreender também como a compreensão do nosso próximo, da sua dignidade essencial, das suas necessidades, das suas aspirações, do seus humaníssimos direitos.”

~Antonio Candido~
Mensagem aos formandos da Colação Gratuita da FFLCH, turma de 2013.


Sobre Ani

Outros que contem passo por passo | Eu morro ontem | Nasço amanhã | Ando onde há espaço: | – Meu tempo é quando. ~Vinicius de Moraes~
Esse post foi publicado em Gente admirada e marcado . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s