coragem grande é poder dizer sim



manacá-de-cheiro


Decisão tomada. Manacá-de-cheiro encomendado.❤  Já escolhi o nome. E vamos ver se chega direito e se planto direito. E vamos ver como é que vai em vaso de sacada. Sorte pra mim. Sorte para ela, a futura comadre Maria Perfumada Manacá do Vaso e Silva. Vai ser recebida com canto de Caetano

“vaca, manacá, nuvem, saudade, cana, café, capim,
coragem grande é poder dizer ‘sim'”.







O manacá-de-jardim ou manacá-de-cheiro (Brunfelsia uniflora) é uma árvore da família Solanaceae com origem na Mata Atlântica, no Brasil.

É uma árvore de folhas pequenas e permanentes, de crescimento de velocidade média e que pode atingir cerca de 3 metros de altura, com 2 metros de diâmetro da copa arredondada. A floração decorre entre setembro a março e produz flores brancas e lilases. A frutificação é do tipo cápsula. A propagação é por mergulhia e não suporta transplante.

Esta espécie é muito utilizada como ornamento, pela sua beleza e perfume. Durante todo o ano é possível ver na sua proximidade a borboleta-do-manacá, que deposita os ovos apenas nas folhas dessa planta, que é o único alimento de suas larvas. A lagarta peculiar, preta com listras amarelas, é adaptada resistir às toxinas desta planta. As folhas, raiz e frutos do manacá-de-jardim possuem propriedades medicinais mas, em grandes quantidades são tóxicos para animais domésticos e o homem, podendo causar vômito, diarréia, tremores, falta de coordenação, tosse e letargia por vários dias.

Fonte: Wikipedia.


NOTA MENTAL: Não comer as folhas.


PS: Mais informações aqui e aqui.


PS2: E aqui:

TRONCO: Textura lenhosa bem ramificado.

LUMINOSIDADE: Sol pleno.

ÁGUA: Aprecia água, mas não solo encharcado, regar duas vezes por semana.

CLIMA: Prefere clima ameno.

PODA: Para conduzi-la em forma de arvoreta deve ser cortados os brotos que irão surgindo deixando apenas o principal. Para não virar uma imensa touceira, cortar os brotos que irão nascendo a partir de suas raízes.

CULTIVO: Aprecia solo argiloso. Sugestão de mistura para vasos: 2 partes de  terra comum de jardim, 1 parte de areia grossa de construção bem lavada e 2 partes de terra vegetal

FERTILIZAÇÃO: Ao plantar a muda no lugar definitivo, para uma cova de 40×40 e misture na terra retirada, cerca de 20 a 30 litros de esterco de gado bem curtido ou se preferir use NPK, fórmula 04-14-08, 10 colheres de sopa. Após 1 ano aplicar até 4 vezes ao ano 3 colheres e sopa, na projeção da copa, nunca junto ao caule.

UTILIZAÇÃO: De forma isolada conduzido como arvoreta, maciço e cerca-viva.


PROPAGAÇÃO: Por estaquia de galhos, por sementes e por mudas que brotam de suas raízes.

Sobre Ani

Outros que contem passo por passo | Eu morro ontem | Nasço amanhã | Ando onde há espaço: | – Meu tempo é quando. ~Vinicius de Moraes~
Esse post foi publicado em Memórias sonhos reflexões e marcado . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s