deixa eu sorrir com vocês


Brasil_sorridente_


O Brasil Sorridente é um programa do governo federal que existe desde 2004, iniciado durante o primeiro governo do presidente Lula (e exatamente hoje está completando 10 anos). Desculpa aí, mas, no dia em que soube que o Brasil Sorridente existia, eu chorei. Acho que foi em boa parte por “culpa” de um menino que morava numa rua onde eu morei. Ele devia ter uns 16 anos e não tinha os dentes da frente. E aí, em 2003, estive uns dias em Cuba e não vi nenhum menino morando na rua, nem sem os dentes da frente. Quando voltei, me perguntaram algumas vezes como era essa liberdade que Cuba não tinha. Foi difícil, porque eu respondia que, no Brasil, o menino que morava na rua lá perto de casa não tinha tido liberdade para ter todos os dentes nem mesmo até os 18 anos, mas ao mesmo tempo eu sentia que coisas que achei ter percebido faltarem em Cuba naquela época me pareciam importantes sim – muito menos importantes do que ter onde morar e ter todos dentes aos 16 anos, com certeza, e a gente sabe dos embargos, de motivos provavelmente não atribuíveis ao “socialismo”. Então doía viver num mundo dividido entre certas importâncias e liberdades que considero fundamentais.








Este é um país que tem de ser feito para a maioria de seus habitantes. Não pode ser feito só para uma parte deles.

Um dos elementos fundamentais para a identidade de uma pessoa é ela ser uma pessoa inteira. Daí porque a importância que no Brasil Sorridente nós damos à saúde bucal, aos dentes. Nós olhamos não mais a pessoa como uma parte, uma pessoa que tem uma doença, mas olhamos o que pode dar saúde integral a ela, o que pode dar felicidade e o que pode dar sentido de plenitude na vida.

Eu assisti e presenciei o empenho do presidente Lula e o incômodo que ele tinha quando ele via um cidadão do nosso país, um brasileiro, um irmão, ou uma brasileira, uma irmã, sem os dentes. Por que isso? Porque nos precisamos de uma coisa importante no nosso país, que é a nossa autoestima. Olhar para nós mesmos e saber que este país conta fundamentalmente conosco. Que ele conta conosco tanto para enfrentar desafios quanto para assegurar que ele cresça, que ele distribua renda, que as pessoas mais pobres sejam atendidas.

Antigamente os mais velhos perdiam os dentes porque não tratavam, porque não tinham dinheiro, porque não podiam pagar o dentista. Agora, não pode perder dente. Não pode deixar que jovem perca os dentes ou que criança não tenha acesso ao dentista.

Eu vou fazer um apelo. […] Junto com um mutirão de dentaduras, nós temos que falar também num mutirão para tratar dos dentes de cada criança. Vamos evitar que os jovens e as crianças sejam obrigados a perder seus dentes por falta de tratamento.

Dilma Rousseff, minha presidenta amada, em agosto de 2012.

Anúncios

Sobre Ani

Outros que contem passo por passo | Eu morro ontem | Nasço amanhã | Ando onde há espaço: | – Meu tempo é quando. ~Vinicius de Moraes~
Esse post foi publicado em Direitos humanos, Memórias sonhos reflexões, Política e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s