om ma ni pad me hum


“Saúdo a joia do lótus”.
Mantra da compaixão.

O mantra “OM MANI PADME HUM” está incluído em “Strange Phenomena”, canção três do álbum The Kick Inside. Não virou título do post porque “Strange Phenomena” seja minha música preferida deste álbum da Kate Bush: é porque a sensação de ouvir o álbum é parecida com a de ouvir um mantra. Kate Bush é um mistério para mim: não gosto muito de vozes agudas nem de canto lírico; ela reúne as duas coisas e, mesmo assim, The Kick Inside foi uma paixão à primeira ouvida, do começo ao fim. Depois dele, não gostei tanto de outras coisas dela.





Foi porque quis colocar The Kick Inside no blog que fui procurar de novo que raio de mantra era esse, achando que fosse o da buda feminina tibetana (Tara). Não era. Vai um pouco sobre ele abaixo (o texto completo está neste blog aqui).

De origem indiana, de lá foi para o Tibete. É o mantra mais entoado pelos budistas tibetanos.

• OM fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino dos deuses. O sofrimento do reino dos deuses surge da previsão da própria queda do reino dos deuses [isto é, de morrerem e renascerem em reinos inferiores]. Este sofrimento vem do orgulho.

• MA fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino dos deuses guerreiros (sânscr. asuras). O sofrimento dos asuras é a briga constante. Este sofrimento vem da inveja.

• NI fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino humano. O sofrimento dos humanos é o nascimento, a doença, a velhice e a morte. Este sofrimento vem do desejo.

• PAD fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino animal. O sofrimento dos animais é o da estupidez, da rapina de um sobre o outro, de ser morto pelos homens para obterem carne, peles etc., e de ser morto pelas feras por dever. Este sofrimento vem da ignorância.

• ME fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino dos fantasmas famintos (sânscr. pretas). O sofrimento dos fantasmas famintos é o da fome e o da sede. Este sofrimento vem da ganância.

• HUM fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino do inferno. O sofrimento dos infernos é o calor e o frio. Este sofrimento vem da raiva ou ódio.

Tradução: Recebemos a Joia da consciência no coração do Lótus. (O Lótus é o chakra).

Significa – Recebemos a joia da consciência divina, no centro do nosso chakra da coroa.

[…]

Este mantra tem sua origem na Índia e de lá foi para o Tibet. Os tibetanos não conseguiram entoá-lo da mesma forma, mudando sua pronuncia para: OM MANI PEME HUNG. Este é o mantra mais utilizado pelos budistas tibetanos. Qualquer pessoa pode entoá-lo. Estando feliz ou triste, ao entoar o “Mani Mantra”, uma espontânea devoção surgirá em nossa mente e o grande caminho será fortemente realizado.

O mantra OM MANI PADME HUM, é fácil de pronunciar e poderoso pois contém a essência de todo o ensinamento. Muito tem sido escrito sobre este mantra e é impressionante que apenas seis sílabas possam atrair tanto comentário importante.

De acordo com Dalai Lama, o propósito de recitar este mantra é transformar o corpo impuro de suas palavras e mente, no puro e louvado corpo, palavra e mente de um Buda. O som de cada sílaba é visto como tendo uma forma paralela espiritual. Fazer o som de cada sílaba portanto, é alinhar a si mesmo com aquela qualidade espiritual particular e para se identificar com isto.

Existe também um grande número de outros benefícios que resultam da repetição deste mantra, incluindo a produção do mérito e destruição do karma negativo.

OM – A primeira sílaba, recitá-la o abençoa para atingir a perfeição na prática da generosidade.
MA – Ajuda a aperfeiçoar a prática da ética pura.
NI – Ajuda a atingir a perfeição na prática da tolerância e paciência.
PAD – Ajuda a conquistar a perfeição na prática da perseverança.
ME – Ajuda a conquistar a perfeição na prática da concentração.
HUM – Ajuda na conquista da perfeição na prática da sabedoria.

A senda das seis perfeições é a senda de todos os budas. Cada uma das seis sílabas elimina um dos venenos da consciência humana.

OM – Dissolve o orgulho.
MA – Liberta do ciúme e da luxúria.
NI – Consome a paixão e os desejos.
PAD – Elimina a estupidez e danos.
ME – Liberta da pobreza e possessividade.
HUM – Consome a agressão e o ódio.

[…]

O mantra OM MANI PADME HUM, chamado de “mani mantra”, levanta algumas traduções misteriosas. Diz a tradição que este mantra significa o nome Chenrezig. Contudo, Chenrezig não tem nome, mas é designado por nomes. Estes nomes são a taça para a compaixão a benção e a força que ele derrama. Portanto, este é apenas um dos nomes de Chenrezig, MANI PADME, colocado entre as duas silabas sagradas OM e HUM.

Chenrezig, Avalokitesvara e Kwan Yin são os nomes do mesmo Buda da compaixão.

OM – Representa o corpo de todos os budas, também o começo de todos os mantras.
MANI – Joia, em sânscrito.
PADME – Lótus ou chakra.
HUM – A mente de todos os budas,  frequentemente finaliza os mantras.
MANI – Refere-se à Joia que Chenrezig segura no centro de suas duas mãos.
PADME – Refere-se ao lótus que ele segura na sua segunda mão esquerda.

Dizendo MANI PADME estamos nominando Chenrezig através de seus atributos: “Aquele que segura a Joia e o Lótus”. Chenrezig ou Joia do Lótus são dois nomes para a mesma deidade. Quando recitamos este mantra, estamos na verdade repetindo o nome de Chenrezig. Este mantra é investido com a benção e o poder da mente de Chenrezig, sendo que ele mesmo reúne a benção e a compaixão de todos os budas e bodhisattvas. Desta forma o mantra é imbuído com a capacidade de purificar nossa mente de sua obscuridade. O mantra abre a mente para o amor e compaixão e a conduz ao despertar.

Sendo a deidade e o mantra um em essência, significa que é possível recitar o mantra sem necessariamente trabalhar a visualização. A recitação permanece efetiva.

Cada uma das seis sílabas sagradas retém um efeito purificador genuíno.

OM – Purifica o corpo
MA – Purifica a palavra
NI – Purifica a mente
PAD – Purifica as emoções
ME – Purifica as condições latentes
HUM – Purifica o véu que encobre o conhecimento

Cada sílaba é ela mesma uma oração

OM – É oração dirigida ao corpo dos budas
MA – É oração dirigida à palavra dos budas
NI – É oração dirigida à mente dos budas
PAD – É oração dirigida às qualidades dos budas
ME – É oração dirigida às atividades dos budas
HUM – Reúne a graça (bênção) do corpo, palavra, mente, qualidade e atividade dos budas.

Estas seis silabas correspondem à transcendental perfeição dos budas secretos.

OM – Ratnasambhava, Buda que nos inunda com sua sabedoria de igualdade e nos liberta do orgulho espiritual, intelectual e humano.
MA – Amogasidhi, Buda que nos inunda com sua sabedoria que a tudo realiza, a sabedoria da ação perfeita e liberta-nos do veneno da inveja e do ciúme.
NI – Vajrasattva, Buda nos inunda com a sabedoria da vontade diamantina de Deus. Consome em nós o veneno do medo, da dúvida e da descrença em Deus, o único Guru.
PAD – Vairochana, Buda que nos inunda com a sabedoria penetrante do dharmakaya, a poderosa Presença Eu Sou, consumindo em nós o veneno da ignorância.
ME – Amithaba, Buda que nos inunda com a sabedoria da discriminação e consome em nós os venenos das paixões : Todos os desejos intensos, cobiça, avareza e luxúria.
HUM – Akshobhya, Buda que nos inunda com a sabedoria que se reflete como num espelho e consome em nós os venenos de raiva, ódio e criações de ódio.

As seis silabas sagradas OM MANI PADME HUM são a essência das cinco famílias de budas secretos. São a fonte para todas as qualidades e profunda alegria. É a senda que conduz a uma elevada existência para a liberdade da alma.

Sobre Ani

Outros que contem passo por passo | Eu morro ontem | Nasço amanhã | Ando onde há espaço: | – Meu tempo é quando. ~Vinicius de Moraes~
Esse post foi publicado em Do espírito, Música, Memórias sonhos reflexões e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s