Frio é fogo

Querido São João, amenizai este frio. Amém.



Enquanto São João não nos vale e a lareira virtual não surte efeito psicológico,
resta apelar para o G1

A chefe Cacilda Ratcliffe ensina as receitas para esquentar os dias frios.

Quentão
Os ingredientes do quentão, para 12 pessoas, são: 600 mililitros de cachaça, 600 mililitros de água [Receita com 600 mililitros de cachaça. Talvez fosse mais prático 1 litro. Numerologia… ou um quentão para cada apóstolo… e Jesus bebe vinho quente… enfim… diz que 13 dá azar, uma dúzia é mais costumeiro: “me vê uma dúzia de quentão”… deve ter explicação para os 600 mililitros]*, duas xícaras de açúcar, uma colher de gengibre, casca de duas laranjas, casca de um limão, cravo e canela em pau.

Numa panela bem grande, coloque o açúcar para derreter em fogo bem alto. “Deixe o açúcar caramelizar, mas sem ficar mexendo muito. Senão vai começar a empelotar e fica difícil” [600 mililitros também fica um pouco mais difícil… se você não tem aqueles medidores e tal… se tem tudo bem, senão dá para ir no olhômetro, claro: um pouco mais da metade da garrafa… mas não pode passar muuuito da metade, senão dá 700, 800 mililitros e desanda… pode até coalhar… já pensou se dá 666 mililitros? Vixi! Melhor arrumar o medidor]*, orienta a chefe.

Depois de derreter, acrescente o gengibre, as cascas de limão e de laranja, mais a canela e o cravo. “Deve-se tomar cuidado, porque a partir desse ponto a calda queima se deixar.”

Quando o líquido ficar homogêneo, tampe a panela e deixe ferver entre 10 e 15 minutos em fogo baixo. “Desligue o fogo e acrescente a cachaça. Como a cachaça é inflamável, é mais seguro desligar o fogo para colocar a bebida.” [Já viu que esse quentão pode esquentar além da conta, né? Vira fogueira de São João você e o quentão. Vinho quente tem menos risco.]*

Com o fogo ligado novamente, panela tampada e mais cinco minutos de fervura, o quentão está pronto.

Ingredientes
600 ml de cachaça
600 ml de água
2 xícaras de açúcar
1 colher de sopa cheia de gengibre
Casca de 2 laranjas
Casca de 1 limão
Cravo e canela em pau

Vinho quente
A receita de vinho quente é para 20 pessoas [Soma 12 quentões com 20 vinhos quentes e são 32 os caminhos de sabedoria. Cabala pura]*. Você vai precisar de: dois litros de vinho tinto [Dois litros. Agora exagerou um pouco. Evitar 1 litro é incentivo ao exercício da matemática, talvez. Aqui divide tudo por dois, nos 600 mililitros faz regra de três se quiser usar toda a garrafa de 1 litro de cachaça… senão guarda pra caipirinha depois, no verão… ou dá os 400 mililitros restantes prô santo, vai do gosto]*, três xícaras de água, duas xícaras de açúcar, duas maçãs, duas xícaras de abacaxi (ou outra fruta que tiver em casa), cravo e canela.

Na panela, com fogo alto, coloque a água e o açúcar. “Faça como um chá”, explica Cacilda.

Depois, coloque a canela e o cravo. Tampe a panela e deixe ferver por 10 minutos. Em seguida, acrescente o vinho e, assim que a levantar a fervura, desligue para não perder o teor alcoólico.

Coloque as frutas por último. “Pode ser maçã, abacaxi, uva… Qualquer fruta que você goste mais.” [Será que caqui fica bom? Jabuticaba é das que eu gosto mais também. Mas acho que não é época. Banana não sei: será que não preteja? Jabuticaba não ia ter esse problema.]*

Ingredientes
2 litros de vinho tinto seco ou suave
3 xícaras de água
2 xícaras de açúcar
2 maçãs picadas
2 xícaras de abacaxi picado (ou qualquer outra fruta)
Cravo e canela em pau

Menas…

Vinho quente

Ingredientes

1 copo de açúcar
canela em rama
cravo
1 litro de vinho tinto seco
1/2 litro de água
1/2 maçã (verde ou vermelha) descascada e cortada em fatias

Modo de preparo

1. Queime a metade do acúcar com o cravo e a canela
2. Acrescente o vinho, já misturado com a água
3. Junte a maçã e o açúcar restante
4. Deixe cozinhar um pouco e sirva bem quente

* O Ministério da Saúde adverte: frio pode causar ranzinzice e embriaguez.

Palavras finais: Não há mau humor que uma festa junina não cure.
Mesmo assim, dá uma saudadezinha do verão.

Anúncios

Sobre Ani

Outros que contem passo por passo | Eu morro ontem | Nasço amanhã | Ando onde há espaço: | – Meu tempo é quando. ~Vinicius de Moraes~
Esse post foi publicado em Blasfêmias, Memórias sonhos reflexões e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s