Cidade da paz

utopia
destino da busca
ser violino
para tuas canções
cidade de luz
Jerusalém
ירושלים
שָׁלוֹם
אוֹר

Yerushalaim Shel Zahav

Naomi Shemer (interpretação de Ophra Haza)

Avir harim tzalul kayain
Vereach oranim
Nisa beruach haarbaim
Im kol paamonim

Uvtardemat ilan vaeven
Shvuia bachaloma
Hair asher badad yoshevet
Uveliba choma


Yerushalaim shel zahav
Veshel nechoshet veshel or
Halo lechol shiraich ani kinor

Chazarnu el borot hamaim
Lashuk velakikar
Shofar kore behar habait
Bair haatika

Uvamearot asher basela
Alfei shmashot zorchot
Nashuv nered el yam hamelach
Bederech Yericho

Yerushalaim shel zahav
Veshel nechoshet veshel or
Halo lechol shiraich ani kinor

Ach bevoi hayom lashir lach
Velach likshor ktarim
Katonti mitzeir banaich
Umeachron hameshorerim

Ki shmech tzorev et hasfataim
Keneshikat saraf
Im eshkachech Yerushalaim
Asher kula zahav

Yerushalaim shel zahav
Veshel nechoshet veshel or
Halo lechol shiraich ani kinor

Jerusalém de Ouro

Versão baseada em três traduções

Ar da montanha puro como vinho,
perfume de pinheiros,
na brisa do crepúsculo,
som de sinos.

Em sono profundo, árvore e pedra,
sonha seus sonhos
a cidade solitária,
e em seu coração, um muro.


Jerusalém de ouro,
de bronze e de luz,
para todos teus cantares, seja eu lira.

Voltamos às tuas cisternas,
ao mercado, à praça vazia.
O shofar do Monte do Templo
chama a cidade velha.

Nas grutas das montanhas
brilham mil sóis.
Voltaremos a descer ao Mar Morto
pelo caminho de Jericó.

Jerusalém de ouro,
de bronze e de luz,
para todos teus cantares, seja eu lira.

Hoje venho cantar-te
e te trazer coroas,
a menor de tuas filhas,
e a última das poetas.

Que teu nome abrasaria os lábios
qual beijo de serafim,
se eu te esquecesse, Jerusalém
que é toda ouro.

Jerusalém de ouro,
de bronze e de luz,
para todos teus cantares, seja eu lira.

A tradução principal, com informações sobre a canção, que neste link aparece completa (com quatro partes).

Duas outras traduções.

Outra interpretação de que gosto. E outra, com imagens de que não gosto. Um heróico ao violino, bonito. Pena essa camisa do São Paulo… :-/ (Não gosto muito da interpretação da Naomi Shemer.)

Sobre Ani

Outros que contem passo por passo | Eu morro ontem | Nasço amanhã | Ando onde há espaço: | – Meu tempo é quando. ~Vinicius de Moraes~
Esse post foi publicado em Música, Memórias sonhos reflexões, Pílulas de poesia e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s